Como o amor de dois amantes
que o tempo tratou de enterrar
e a memória tratou de eternizar
Folha seca.

Como a dourada infância
e seus dias sabor de caramelo
que passaram num vendaval
Folha seca.

Como o puro sorriso de vó
ao alimentar os netos
Casa, crianças correndo...
Folha seca.

Folhas secas contam histórias
sobre o viço do passado
Contam que tudo é frágil
nas mãos desastradas do tempo
Que o pedágio para seguir
é deixar pedaços para trás
Folhas secas lecionam
que começos são feitos de fim
Folhas secas, mortas, adubam
a vida nova que está por vir.

Gostou? Deixe seu aplauso, comentário ou compartilhe. Obrigado pela leitura!